AGENDA
BANDAS
ENTREVISTAS
CDS
DVDS
DEMOS
LIVROS
ESPECIAIS
MATÉRIAS
PROMOÇÕES
LINKS
CONTATOS

DOGBANE
Idylls Of Woe
Heaven And Hell – imp.
Uma das gratas surpresas de 2019, que banda boa e empolgante! Um misto de Hard, Heavy e Doom, onde prevalece o Metal, a Hard dá pitadas acessíveis e o Doom é o tempero! As músicas vão desde as mais rápidas, mas nunca Speedy até o arrastado Doom poucas vezes e a cadencia joga no meio de campo. O disco abre com a melódica e Doom melancolia The One I Was Warned Of, depois vira um bom Heavy Metal 80’s lembrando desde a NWOBHM. Já Devil's Tramping Ground é mais Heavy ainda, mas a pitada Doom no refrão e em algumas passagens mostram o talento e personalidade da banda, é excepcional! Com Heavy, refrão chapadão estilo Stoner, parada Doom para quebrar o ritmo e solo insano! Blood In The Snow abre com uma cançãozinha popular, para depois descambar em riffs gordurosos sabbathicos, com um que de Solitude Aeternus, com harmonias densas! Alguém aí falou em Black Sabbath e Judas Priest em Riddle Of Steel? Aliás, uma pena o Black Sabbath não ter feito nada depois de Forbidden, pois o Haven and Hell era outra banda e 13 foi uma lástima! Assim como todos os discos de Ozzy depois de No More Tears! Depois de NMT, Ozzy só falava em “voices in my head”, falar mal de Deus, com temas ruins e sem inspiração com média de 1 disco a cada 10 anos! Se eles ouvissem Heavy Doom de verdade como DOGBANE poderiam coverizar e fazer bonito, em vez de pegar as pessoas por Paranoid, Iron Man e War Pigs, para um público que sequer conhece Sabbath Bloody Sabbath! Bem, voltando, Riddle Of Steel  tem ainda contornos épicos, com várias alternâncias entre as faixas! Emendando Land Of Shadows também épica! O disco começa rápido e mais Heavy para ir ficando cada vez mais denso e espesso! A levada harmônica desta faixa é de ficar martelando na cabeça e você não esquecer por horas! Now You Know tem um riff “Tony Iommico” com uma boa interpretação vocal e a mais pesada! Winter Of Man's Demise é lenta menos inspirada, já o final com Sin Eater, é de matar, encerrando com honra um som com grandes riffs colesteróicos, harmonias inspiradas e vocais, com efeitos, mas que caem como um martelo neste ótimo disco! Habemus Doom! JCB – 9,0

TRACK LIST:
01. The One I Was Warned Of
02. Devil's Tramping Ground
03. Blood In The Snow
04. Riddle Of Steel
05. Land Of Shadows
06. Now You Know
07. Winter Of Man's Demise
08. Sin Eater


Voltar